Gradual para Domingo de Ramos

Salmo 73(72): 23,24, 1, 2 e 3
José Maurício Nunes Garcia – 1767-1830
Tradução: Karin Bakke (Janeiro, 2008)

Tenuisti manum dexteram meam
et in voluntate tuo deduxisti me
et cum gloria assumpsisti me.

Quam bonus Israel Deus
rectis corde!
Mei autem paene moti sunt pedes
Pene effusi sunt gressus mei:
Quia zelavi in peccatoribus,
pacem peccatorum videns.

Deus meus respice in me
Quare me de reliquisti?
Longe a salute mea verba delictorum meorum.

Seguraste a minha mão direita
E, na tua vontade, me conduziste
E, com glória, me acolheste.

Como é bom o Deus de Israel
para os puros de coração!
Mas quase meus pés tropeçaram,
Meus passos quase se desviaram,
Porque dos pecadores tive inveja,
Ao ver dos pecadores a paz.

Deus, repara em mim,
Por que me abandonaste?
Permaneces longe de minhas súplicas e gemidos.

Deixe um comentário

Arquivado em Traduções

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s