Rest, sweet nymphs

Francis Pilkington (1570 – 1638)
Tradução: Karin Bakke (1997) 

1.

Rest, sweet nymphs, let golden sleep
Descansai, doces ninfas, que um sono dourado

charm your starbrighter eyes,
cative vossos olhos radiantes,

while my lute the watch doth keep
enquanto meu alaúde vos embala

with pleasing sympathies.
com doces e suaves acalantos.

Lulla, lullaby
Aquietai-vos, doces amantes,

Sleep sweetly, sleep sweetly,
dormi gentil e docemente,

let nothing affright ye,
sem nenhum padecimento

in calm contentment lie.
nesse suave remanso.

2.

Dream, fair virgins, of delight
Sonhai, graciosas virgens, com encantos

and blest Elysian groves,
e deleites abençoados

while the wand’ring shades of night
e até as noturnas sombras errantes

resemble your true loves.
parecerão vossos fiéis amados.

Lulla, lullaby
Aquietai-vos, doces amantes,

Your kisses, your blisses
enviai vossos beijos e desejos,

send them by your wishes
mesmo os andejos,

although they be not nigh.
nas asas do pensamento.

Deixe um comentário

Arquivado em Traduções

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s